Banco de Leite tem programação especial sobre aleitamento materno
Serão realizadas série de palestras e ações de beleza para as lactantes do Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth

Na Semana Mundial de Aleitamento Materno, o BLH (Banco de Leite Humano) do HMINSN (Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth) realizará uma programação especial para as lactantes da unidade. A programação discutirá temas como o desenvolvimento do bebê, direitos e métodos anticoncepcionais para a mulher que amamenta. A programação inicia nesta segunda-feira (1º) e segue até a próxima sexta-feira (6).

A unidade tem tido sucesso na mobilização de doadoras, possibilitando um estoque satisfatório para atender aos recém-nascidos internados na UTI Neonatal (Unidade de Tratamento Intensivo).

A unidade atende atualmente a uma média de 25 a 45 recém-nascidos que recebem leite de cerca de 70 voluntárias internas e externas. A unidade ainda conta diariamente com 1.600 ml de leite humano ordenhado e pasteurizado, gerando um consumo mensal médio de 45 litros de leite.

Cada gota de leite que uma mãe doa, pode significar uma vida salva. A doação de leite humano, além de colaborar na nutrição de crianças prematuras – ou de crianças cuja mãe não pode amamentar –, estimula o corpo da mulher a produzir ainda mais leite para o próprio filho.

Além da doação de leite, o BLH é um grande parceiro das usuárias na orientação sobre a amamentação. Os profissionais do serviço orientam e estimulam essas pacientes à prática saudável e indispensável de alimentar seus filhos ao peito. Isso porque algumas mães têm dificuldades e precisam de ajuda para superar problemas que podem levá-las a desistir de amamentar, como mamilos rachados, ingurgitamento das mamas e mastites que causam dor ou desconforto.

COMO SER DOADORA – Para ser uma doadora, basta procurar o Banco de Leite, o que pode ser feito tanto por mães que estejam internadas na unidade quando lactantes externas. O contato pode ser feito diretamente na maternidade ou pelos telefones 4009-4909 e 0800 782 0177.

A mãe faz o cadastro, realiza exames e recebe orientações. A Maternidade doa máscaras e toucas, e orienta sobre as técnicas de higienização e armazenamento. Depois desse processo, é só marcar o dia da semana para a equipe passar e recolher os frascos com o leite armazenado. Ao chegar na unidade, o leite doado é analisado, pasteurizado e congelado. Na hora das mamadas ele é descongelado, sem perder os nutrientes.

PROGRAMAÇÃO

Dia 1º – Abertura do evento: Palestras sobre aleitamento materno;

Dia 2 – Serviços de beleza como cortes de cabelo, maquiagem e depilação à cera;

Dia 3 – Palestra sobre o desenvolvimento do bebê ministrada pela neuropediatra Charlotte Buffi;

Dia 4 – Palestra sobre os direitos da mulher que amamenta com a delegada Giuliana Castro;

Dia 5 – Palestra sobre os métodos anticoncepcionais para as mulheres que amamentam, ministrada pela ginecologista Cristiane Born​.

Com informações da SESAU

Foto: Divulgação