NO HOSPITAL CORONEL MOTA, 25 MIL PACIENTES NÃO COMPARECERAM ÀS CONSULTAS AGENDADAS.
Tempo de espera poderia ser menor: de cada dez consultas marcadas, três não acontecem porque os pacientes faltam, dificultando o planejamento da unidade

O número de consultas agendadas no Hospital Coronel Mota aumentou. Conforme dados da clínica especializada da unidade, de janeiro a maio deste ano, mais de 50 mil pessoas já foram atendidas, o que representa um acréscimo de 2.384 atendimentos em relação ao mesmo período do ano passado.

Em contrapartida, segundo o diretor da unidade, Sandro Fernandes, pelo menos 25 mil pessoas faltaram às consultas agendadas durante este período, fator que prejudica tanto o trabalho desenvolvido na unidade, quanto àquele cidadão que está aguardando atendimento.

O diretor afirma que o paciente pode sim fazer o reagendamento da consulta, informando a falta, porém, este procedimento deve ser feito com no mínimo 48 horas de antecedência.

O paciente que não puder comparecer a consulta ele deve fazer o reagendamento em até 48h/ pelos telefones 2121 7469/ 2121 – 7494 / 7474/ 7489 e 7479.
Texto: Marcus Miranda
Foto: Ascom/ Sesau.