Equipe de fisioterapia da Fuer é voluntária no Campeonato Mundial Universitário de Futsal
Torneio acontece no Estado de Goiás. Todos os fisioterapeutas são universitários voluntários.

Desde o sábado, 2, Goiânia e Anápolis sediam a 15ª edição do Campeonato Mundial Universitário de Futsal, que reúne representantes de quatro continentes até o próximo dia 10. E como parte da delegação de saúde do evento estão oito estudantes de fisioterapia voluntários da Federação Universitária de Esportes de Roraima (Fuer). As vagas foram pleiteadas pela presidente da Fuer, Elaine Morellato, junto ao presidente da Federação Goiana de Desportos Universitários, Lusimar Santos.

De acordo com Elaine, o objetivo de enviar os fisioterapeutas voluntários da Fuer é treinar esses acadêmicos para grandes eventos. “É um trabalho contínuo que estamos fazendo com a fisioterapia, qualificando esses meninos para que eles possam ter a oportunidade de participar de grandes eventos e aplicar os conhecimentos nas competições da etapa estadual”, afirmou a presidente.

Nathalia Soares, 28 anos, está cursando o 6º semestre de fisioterapia. Ela está em Goiânia e afirma é uma experiência muito proveitosa. “Aqui estamos fazendo contato com outros fisioterapeutas e acadêmicos de fisioterapia de várias partes do mundo e isso é fantástico, pois trocamos experiências e conhecimentos. Sempre observamos a postura de cada fisioterapeuta para cada tipo de atendimento. É um conhecimento que vai nos ajudar muito a exercer nossa profissão, principalmente durante os eventos da Fuer”, destacou a acadêmica.

A equipe de fisioterapia da Fuer possui 28 acadêmicos. A diretora do Departamento de Saúde da Fuer, Roberta Nency, ressalta que a equipe sempre dá todo o apoio necessário aos atletas. “Fazemos o acompanhamento constante de todos os nossos atletas – antes, durante e após as competições, e essa experiência deles no Mundial em Goiânia vai ser ótimo para aperfeiçoar ainda mais a técnica do pessoal”, frisou.

O Campeonato Mundial Universitário de Futsal recebe mais de 400 estrangeiros. Ao todo, são 16 seleções. O evento é promovido pela Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU), pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e pela Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU). O evento tem a chancela da FIFA. Na categoria masculina, estarão presentes as equipes da Alemanha, Argentina, Brasil, Cazaquistão, China, França, Israel, Nova Zelândia, Portugal, República Tcheca, Rússia e Tailândia. Já no feminino participam a Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Cazaquistão, Colômbia, México, Nova Zelândia, Portugal, Rússia.