Procuradoria Especial da Mulher inicia campanha “Faça a diferença, doe”

Uma caixa coletora instalada no hall do prédio da Assembleia Legislativa de Roraima é a principal ferramenta da campanha “Faça a diferença, doe”, da Procuradoria Especial da Mulher, que tem por objetivo ajudar mulheres atendidas pelo CHAME (Centro Humanitário de Apoio a Mulher) e o Núcleo de Promoção e Prevenção às Vítimas de Tráfico de Pessoas. Os interessados podem contribuir com roupas e brinquedos, novos e usados, e alimentos não perecíveis.

Essa será uma campanha permanente do órgão vinculado à Assembleia Legislativa. “Essa ideia surgiu das necessidades das mulheres atendidas pelo CHAME e pelo Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, quando recebemos e acolhemos essas vítimas que estão em vulnerabilidade social, os filhos e a família”, explicou a procuradora Especial da Mulher adjunta, Sara Patrícia Farias.

A princípio, a caixa ficará na entrada da Assembleia, em seguida, um segundo ponto será instalado na sede do CHAME. Uma equipe percorrerá as salas e departamentos da Assembleia em busca de esclarecer sobre a arrecadação e a importância de contribuir com o próximo. “Vamos ao comércio, supermercados, lojas de departamentos requerendo parcerias para arrecadação e, em contrapartida, levaremos informações sobre os serviços prestados no CHAME”, relatou a procuradora adjunta ao ressaltar que essa ação acontecerá na semana seguinte ao Carnaval.

A preocupação em resguardar os direitos das mulheres tem sido uma das prioridades da Assembleia Legislativa. “Desde a criação do CHAME, em 2009, da Procuradoria Especial da Mulher (...) então a Assembleia tem feito a diferença no tocante aos direitos e garantias no atendimento às mulheres”, ressaltou.

A sede do Poder Legislativo fica localizada na Praça do Centro Cívico, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, sem fechar para o almoço. O CHAME fica na rua Coronel Pinto, nº 524, no Centro, com horário de 7h30 as 13h30.