Folia deste ano contará com 21 blocos na avenida

Entre os dias 24 e 28 deste mês, 21 blocos carnavalescos prometem invadir a avenida Cap. Ene Garcez e fazer a alegria dos foliões no Carnaval de Rua 2017. Ao todo, oito blocos conseguiram o credenciamento junto à Prefeitura de Boa Vista e terão direito a trio elétrico e banda. Os demais integram o carnaval como blocos convidados e também farão parte da programação com estrutura própria.

Nesta quarta-feira, 08, a partir das 16h, será feito o sorteio inicial dos oito blocos credenciados que vão compor os horários das 21h à 1h da manhã nas quatro noites de desfiles (25 a 28). Já na sexta-feira, 10, será feita a segunda parte do sorteio com os outros 13 blocos que serão colocados nos horários das 19h às 21h dos quatro dias de evento. Nos dois momentos de sorteios, estarão presentes coordenadores de blocos.

“Este ano, democratizamos o processo de seleção - não haverá blocos excluídos da folia. Todos os grupos que protocolaram seus projetos foram selecionados e fazem parte da programação regular do carnaval. A diferença é que a prefeitura vai auxiliar oito blocos e os demais terão espaço reservado na avenida para desfilar por conta própria. Todos podem participar”, disse Enos Almeida, superintendente de Cultura da Fetec.

A novidade do Carnaval 2017 é que, durante os desfiles, os blocos serão avaliados por uma Comissão Executiva que levará em conta vários quesitos de desempenho e vai elaborar laudo com pontuações que serão referências e ajudarão na concorrência do credenciamento para o carnaval de 2018.

Para Enos, será uma forma de avaliar o desempenho dos blocos na avenida, o que vai facilitar na seleção do próximo ano. “Todos os blocos passarão por uma avaliação diária feita por técnicos da Fetec. No final do evento, o laudo será assinado pelo técnico avaliador e o coordenador do bloco concordando com o que foi descrito. A partir do ano que vem, vamos ter referências maiores como capacidade de público na avenida, organização, acatamento das normas e diretrizes da comissão organizadora e todas as questões que são de praxe para que tenhamos um evento de qualidade e bem organizado”, disse.

O Carnaval de rua visa atender, fomentar e preservar a cultura popular do bloco carnavalesco tradicional ou de cunho inovador. Os 21 blocos inscritos passaram por uma rigorosa seleção para garantirem o credenciamento da Fetec, obedecendo aos seguintes critérios de avaliação: portfólio, criatividade, participações em edições passadas, público, ações sociais e ambientais.

Oito deles se enquadraram em termos de públicos, de políticas sociais e ambientais, e se destacaram por sua contribuição dentro da sociedade. Eles foram credenciados para desfilar como blocos de rua com apoio logístico de banda e trio elétrico, fornecido pela Fetec. Para consolidar a participação dos blocos, serão apresentadas as diretrizes do carnaval durante o congresso técnico a ser promovido no dia 18 deste mês em local a ser divulgado.