Primeira turma inicia curso para manuseio de armas de fogo
A primeira turma é composta por 40 guardas civis, do total de 150 que passarão pelo treinamento

A Prefeitura de Boa Visa está dando mais um importante passo para armar a Guarda Civil Municipal (GCM). Nesta terça-feira, 17, agentes da instituição iniciaram as aulas do Curso de Capacitação Técnica para Manuseio de Armas de Fogo, de Repetição e Semi-automática na Academia de Polícia Integrada. A primeira turma é composta por 40 guardas civis, do total de 150 que passarão pelo treinamento.

A capacitação está prevista no convênio entre a prefeitura e a Polícia Federal, que concedeu autorização à Guarda Civil para o uso de armas de fogo. Com isso, os GCMs terão pleno conhecimento prático de manuseio, tiro e defesa policial com ênfase na pistola calibre 380, revólver calibre 38 e espingarda calibre 12.

“Este é mais um passo que a Guarda Civil Municipal está dando, o que representa um reforço na segurança pública, além do aprimoramento e capacitação de nossos homens e mulheres da instituição. Tenho certeza de que isso é um ganho muito grande para a população”, afirmou o secretário municipal de Segurança Urbana e Trânsito, Raimundo Barros.

Serão quatro turmas, sendo três de 40 alunos e uma de 30. Todos precisaram ser aprovados no exame psicotécnico para ingressar no curso de tiro. No conteúdo apresentado, estão temas como classificação de armas, montagem e desmontagem, fundamentos de tiro e cadência. As aulas terão duração de 160h. De acordo com o superintendente da GCM, Murilo Santos, a proposta é que todo o efetivo passe por esta capacitação.

“Inicialmente estamos atendendo esse número de 150 alunos, mas toda Guarda Civil terá de passar por esta capacitação, pois não se trata apenas do nosso objetivo mas também da determinação da Polícia Federal por meio do convênio firmado com a Prefeitura de Boa Vista”.

Tanto nos treinamentos quanto após a conclusão do curso, os guardas civis vão utilizar armamento cedido pela Polícia Militar de Roraima, em caráter temporário, até que seja concluído o processo de aquisição do próprio material.

Em 2016, um grupo de GCMs participou do Curso de Armeiros com 1º Batalhão Logístico de Selva (1º Blog) do Exército Brasileiro, sendo então os responsáveis pela manutenção e armazenamento das armas.

Atualmente, os guardas civis dispõem de armamento menos letal, como é o caso das 50 pistolas taser, modelo Sparks DSK 700. Estas disparam dardos com carga elétrica de 50 mil volts e 0,0028 ampéres, capazes de neutralizar o indivíduo sem causar lesão permanente ou morte.

O efetivo atual é de 342 guardas civis municipais, sendo que 15 foram empossados no ano passado por conta do concurso público de 2014. A Guarda Civil também dispõe de 27 viaturas, 16 motocicletas, 01 microônibus de monitoramento e 25 bicicletas (para a Ciclo Patrulha), 160 coletes à prova de balas, 41 rádios digitais.