Presos tentam fugir da PAMC após seis dias do massacre ocorrido na unidade prisional
Os nove detentos são da ala 12 e tentaram escapar por volta 23h

Após seis dias desde a morte de 33 detentos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a unidade prisional, registrou na noite desta quarta-feira (11), uma tentativa de fuga de pelo menos nove detentos.

Na terça-feira (10), um dia antes do ocorrido, mais de 100 militares da Força Nacional chegaram a Roraima para reforçar a segurança no estado, o que não inibiu os reeducados.

De acordo com nota enviada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), a tentativa foi frustrada por equipes do Grupo de Intervenção Tática (GIT) e do Grupo de Resposta Rápida (GRR).

Os nove detentos são da ala 12 e tentaram escapar por volta 23h. Ainda segundo a nota, as medidas administrativas foram tomadas e os presos irão responder a processo interno disciplinar.

Seguem os nomes:

Robson Miranda Costa
Jackson Magalhães Pinho,
Railton Bruno Walker
Marcos Paulo Vieira Silva
Renato Ferreira Silva,
Alvino Soares de Souza
Sandro Menezes de Souza Branco
Marcos da Silva Rodrigues
Valdinei dos Santos Ferrais