Danúbia Guedelha

Danúbia Guedelha de Sousa ingressou no rádio em 2007 como operadora de áudio e logo em seguida recebeu convites para fazer parte da equipe de Locutores da Rádio Coari AM, mesmo sem nenhuma experiência com locução, aceitou prontamente o convite. Após dois anos de atividade, recebeu um novo convite, agora para voltar à sua terra natal (Roraima) e fazer parte da equipe de locutores da Rádio Alto Astral FM, de Rorainópolis, no sul do estado. Danúbia ficou quatro anos no ar naquela emissora interiorana, mas a humilde locutora sempre sonhava alto e chegou à conclusão que a cidade de Rorainópolis estava pequena para ela. Então decidiu voar mais alto. Hoje, a locutora faz parte da equipe de locutores da rádio Transamérica Pop FM, na qual apresenta o Programa “Transmania” de segunda à sexta, de 15h as 18h. Na Tropical FM comanda um programa semanal, o “Manhã Total”, das 8h às 12h, todos os sábados.
Danúbia Guedelha

Alberto Gemaque

Alberto Jubson Gemaque de Oliveira iniciou a sua carreira no rádio no começo dos anos 90, na rádio Roraima AM, de Caracaraí, e, desde então, vem mostrando seu talento ao atuar ao longo dos anos em várias emissoras como a Rádio Difusora de Roraima AM e rádio Equatorial FM. Atualmente está no ar na Rádio Tropical FM 94.1. Desde o ano de 1995, apresenta o programa diário Conexão Tropical, que vai ao ar das 9h00 às 12h00 da manhã, e é líder de audiência. Gemaque também está no ar na Rádio Transamérica Pop de Boa Vista, comandando o programa Transmania, e faz dupla com a locutora Danubia Guedelha. O programa é diário e vai ao ar das 15h00 às 19h00, de segunda a sexta-feira. O rádio aconteceu na vida de Alberto Gemaque meio por acaso, como uma brincadeira que deu muito certo e que agora está no sangue. O rádio faz parte da sua vida e hoje o profissional atua com extremo profissionalismo, dedicação e amor. O radialista tem um estilo irreverente, alegre, alto astral e possui uma carreira sólida no rádio em Roraima. São 25 anos evoluindo mostrando talento e uma veia comunicativa sem igual.
Alberto Gemaque

Jack, O Penetra

Raimundo Orlando Freitas, conhecido como “Jack, o Penetra”, nasceu no Município de Várzea, Amazonas. Ele mora há 12 anos em Boa Vista. “Jack” iniciou a carreira de humorista em 1998, depois lançou o primeiro programa aos domingos, também de humor, na Rádio Equatorial FM em 2002. Hoje, realiza um sonho antigo pilota o programa “Bom dia com Alegria”. Raimundo Orlando diz que “apesar de ser difícil, é muito gratificante e desafiador comandar um programa de rádio”. O ponto positivo do programa “Bom dia com alegria” é despertar o riso nas pessoas logo ter a preferência matinal.
Jack, O Penetra

Jeremias Nascimento

Jeremias Nascimento Torreias, 44 anos, é formado em Jornalismo pela UFRR. Natural de Boa Vista/RR começou a trabalhar na Sociedade Rádio Equatorial aos 14 anos, no ano de 1984, como operador de áudio e produtor musical até 1988. No ano seguinte foi contratado pela Rádio Tropical FM como locutor, onde exerce também a função de Coordenação de Programação da emissora até os dias atuais, sendo um dos funcionários mais antigos da casa, onde é colaborador há 22 anos. O amor pelo rádio começou aos sete anos de idade, quando ouvia Benjamim Monteiro na Rádio Roraima AM. Entre os programas apresentados pelo radialista, estão: Alternativa 94, Love Club e Amnésia. Atualmente, Jeremias Nascimento apresenta o programa “Clássicas da Tropical’’, que vai ao ar de segunda a sexta-feira das 20h às 22h e está no ar há mais de 10 anos, levando o ouvinte a uma viagem ao passado, tocando músicas inesquecíveis. Um profissional que tem sua audiência garantida e seu estilo apreciado por quem é do meio e de quem o acompanha em sua trajetória, sendo um dos melhores locutores de Roraima. Tem o reconhecimento dos colegas de trabalho e dos ouvintes.
Jeremias Nascimento

Júnior Costa

Francisco José Costa Bezerra, mais conhecido como Júnior Costa, 30 anos, trabalha como locutor de rádio desde os 16. Sempre foi apaixonado por rádio, ouvia todo dia e ligava sempre para participar e pedir música. Às vezes, quando as rádios ficavam cheias da sua participação, ligava com nomes falsos. De tanto brincar de rádio com suas irmãs, elas acabaram o convencendo de que ele deveria abraçar aquilo e fazer disso uma profissão. Junior Costa diz que relutou no início, mas a paixão pelo rádio falou mais alto. Na sua primeira experiência no rádio trabalhou em um horário terceirizado aos domingos à tarde em uma rádio comunitária. Ficou lá por 4 meses. Posteriormente fez um teste e foi contratado pela Rádio Eldorado AM. Ficou por lá por algum tempo e fez um novo teste, desta vez pra uma rádio nacional, a Band FM, em São Paulo. Trabalhou na Band FM anos em horário comercial, nas tardes de segunda a sexta, e saiu porque recebeu uma proposta de trabalho melhor em outra empresa, a Rádio Cidade FM. Na rádio Cidade chegou para assumir o horário da manhã de segunda a sexta, um sonho realizado. Depois de alguns anos sua família mudou-se para Roraima. Uma vez morando no extremo Norte do Brasil, foi contratado pela Tropical FM, onde apresenta os programas Balada 94 e Show da Tarde, que vai ao ar sábado e domingo.
Júnior Costa

Lana Francis

Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Roraima, atua na área de comunicação desde os 16 anos, no ano 2000 ingressou na rádio Tropical 94,1, como locutora no programa Jack o Penetra, inicialmente aos domingos, posteriormente diariamente. Atualmente além de continuar se dedicando ao rádio, também é responsável diariamente pela apresentação ao vivo do programa Amazônia Agora, no Amazon Sat, transmitido para 5 estados da região norte do país, na mesma emissora televisiva é produtora e repórter. Entre sua vida profissional ainda produziu reportagens para a TV Ativa (exibidas no Jornal Ativa), Rede Globo (exibidas no programa Amazônia Rural) e participou de peças teatrais o que contribuiu no desenvolvimento da sua desenvoltura. Dinâmica, possui como características a pegada cômica e a facilidade para o improviso, tendo facilidade para interagir com o público.
Lana Francis

Layse Menezes

Layse Menezes, 27 anos, Jornalista desde 2011 por amor e formação escolheu a profissão pois sempre quis ajudar a sociedade de alguma forma, divulgando eventos culturais e os interesses da população perante os órgão públicos. Sua primeira missão como jornalista foi, durante a faculdade, construir um blog sobre Rock, os eventos e as novidades da cena de Roraima. Em 2012, logo após se formar na área, foi contratada pela Rede Tropical de Comunicação para atuar como repórter de Rádio e TV. Logo se identificou com a produção e reportagem de rádio. Na TV é responsável pela produção e apresentação do boletim diário “90segundos” no período de 2012 a 2014, sendo convidada a participar, ainda, da produção e apresentação do boletim “Mix Cultural” em novembro de 2014.
Layse Menezes

Marcus Miranda

Marcus Miranda, 27 anos, Jornalista desde 2011, atualmente está em processo de conclusão do curso de pós-graduação em Assessoria de Comunicação. Escolheu a profissão no sentido de contribuir para uma sociedade melhor, com foco na cultura. Começou atuando em um veículo impresso e já foi apresentador do Jornal Tropical Notícias, nos anos de 2008 a 2012, período em que descobriu sua paixão pelo rádio. Após isso foi atuar na área de Assessoria de Comunicação e em seguida ingressou em uma Rádio FM da cidade. Este ano o Jornalista regressou a Rede Tropical de Comunicação, na intenção de contribuir com as experiências adquiridas durante sua trajetória jornalística.
Marcus Miranda

Marcelo Ganev

Marcelo Vilas Verdes Ganev, mais conhecido como Marcelo Ganev, nasceu em São Paulo. Teve o primeiro contato com locução em 1996 lá mesmo em sua terra natal. Começou sua vida profissional como analista de crédito e, exercendo a função, fazia ligações para consultar os nomes dos cliente. Ouvia das pessoas que tinha de voz de radialista. A pedido de uma amiga gravou um texto para uma gincana e, após seu chefe ouvir o trabalho, pediu para que ele ficasse responsável pelas gravações das promoções oferecidas pela loja. Exercendo outras funções em diversos lugares, Marcelo Ganev sempre esteve próximo da comunicação. Atuou em uma pequena rádio comunitária, como voluntário, e em um supermercado onde trabalhou decidiu fazer a locução na porta da loja nos finais de semana. No ano de 2002, fez um teste para ser locutor em um Bingo na cidade. Neste mesmo período recebeu um convite para trabalhar na Rádio Bragança AM, mas não pôde aceitar, devido aos horários do bingo. De 2002 até 2007 passou por vários bingos da região. Nesse meio tempo, foi trabalhar em uma empresa de eventos que prestava serviços para uma grande rede varejista, com lojas por quase todo país. Viajou participando das inaugurações pelo Brasil, até que em março de 2009 recebeu uma ligação de um amigo com o qual tinha trabalhado em um dos bingos, convidando para trabalhar em Boa Vista. Em 2010 passou a comandar o programa “Rádio Escuta”, na Rádio Tropical FM, no período da noite, de segunda a sexta-feira, e hoje comanda o programa Geração 94.
Marcelo Ganev

Airlene Carvalho

Airlene de Medeiros Carvalho é da cidade de Santos, litoral paulista. Chegou a Roraima em dezembro de 1989. Em 1997 se formou em Jornalismo pela Universidade Federal de Roraima e em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Estácio Atual, em 2007. Iniciou a carreira como repórter em 1991, no antigo jornal O ESTADO DE RORAIMA. Um ano depois foi contratada pela TVE- MACUXI onde realizou importantes coberturas jornalísticas, como o caso da CHACINA DO HAXIMU, em 1993, quando índios yanomami foram mortos por garimpeiros. Em 1995 foi convidada para trabalhar na TV Roraima, afiliada da Rede Globo, exerceu o cargo de repórter por 5 anos, e mais tarde assumiu a direção do departamento de jornalismo da emissora. Em 2010, assumiu o cargo de assessora de imprensa do Senado.[Sen.Mozarildo Cavalcanti]. Desde janeiro comanda o Programa Papo de Negócio na Radio Tropical FM 94.1.
Airlene Carvalho

Otton Barbosa

Otoniel Barbosa dos Anjos (Otton Barbosa), nascido em 30 de Julho 1974, na cidade de Santa Inês, Maranhão, iniciou a carreira aos 16 anos na rádio Mirante FM 100, lá trabalhou por quatro anos. Aos 20 anos veio para Boa Vista-RR com a família no ano de 1994, e em seguida trabalhou por mais de dez anos com produção de rádio e TV. No ano 2002 iniciou a carreira de locutor e apresentador na rádio concorrente por um período de 5 anos. Um ano depois, em 2006, recebeu o convite para trabalhar como locutor e apresentador na Rádio Tropical. Otton tem 23 anos como Profissional do rádio.
Otton Barbosa

Pedro Jr.

Pedro Paula de Souza Júnior começou sua vida profissional como estagiário em 1990, aqui na rádio Tropical FM. Antes de iniciar o estágio, fez no mesmo ano um teste na Equatorial FM, no qual passou, mas não chegou a ser contratado. Acabou sendo contratado pela 94. O profissional sempre trabalhou à noite e no seguimento da música romântica com o se identifica muito. Há 26 anos o radialista procura ser versátil fazendo programas com vários ritmos musicais, o que ajudou a consolidar sua carreira profissional. Seu primeiro programa foi o “Good Times”, no horário das vinte e duas à zero hora. Nesse período a emissora decidiu manter sua programação no ar apenas até as zero hora, retornando alguns anos depois ao seu horário normal. Hoje Pedro Jr. apresenta o programa “Momentos de amor”. O veterano Pedro Jr. diz que é bom fazer parte da história desta grande emissora.
Pedro Jr.

Thaise Kelly

A locutora Thaise Kelly da Silva, aos 13 anos de idade, despertou a curiosidade de cantar, foi quando começou em festas de aniversários. Aos 15 se interessou em fazer locução em carros de mensagens, quando teve sua primeira experiência de falar em público. Quatro anos depois, ouviu o anúncio de um curso de rádio que estaria prestes a começar na cidade e não pensou duas vezes. Foi correndo fazer sua inscrição e mergulhou de cabeça. Ela garante que no início foi complicado, pois sempre foi muito tímida. Então, quando chegava o dia de apresentações ela enlouquecia e não conseguia, mas se esforçou e pensou: “Será que isso realmente é pra mim?”. Ela conta que, aos poucos, foi percebendo que era mais do que ela imaginava. Concluiu e gravou o seu primeiro piloto que foi um desastre e que até hoje está guardado a sete chaves. Na segunda semana após o término do curso, conheceu o radialista D’Barros, um dos melhores locutores de Roraima. Acabou fazendo um teste na rádio Equatorial, onde atuou durante quatro anos. “Foi uma satisfação e me sentia a mulher mais realizada. Nunca tinha feito locução para uma cidade inteira”. Hoje faz parte da família Tropical FM 94.1.
Thaise Kelly

Velho Nunga

Edinei Nogueira, nasceu 1973 em Santarém no Pará. Depois de criar o personagem Velho Nunga, atuou em várias emissoras de rádio e TV em Roraima. A primeira experiência como locutor foi através de um convite de um colega para gravar um comercial com voz de velho em uma rádio em 2001, em Boa Vista - RR. O locutor Isac Nogueira, que comandava o ''Sabadão do Forró'', das 20 às 00h. Fez pequenas Participações como Velho Nunga e um dia, após o radialista adoecer, apresentou o programa sozinho. Gostou da atuação e resolveu solicitar um horário para o diretor da emissora, José Renato Hadad. Após a avaliação, foi aprovado e Ganhou um espaço. O horário cedido foi aos domingos das 15 às 17h, com o ''Domingão do Forró'', ficou no ar durante cinco anos. Em 2006, começou a trabalhar na rádio Tropical FM com o programa ''De volta ao passado'', das 11h30 às 14h, que tem como carro chefe o melhor do brega. Além de tocar as melhores, cita os cantores e compositores, contando as histórias dos artistas. Trabalhou e levou o personagem para a TV. Fez o programa “Velho Nunga no Piseiro” durante 8 anos, no horário das 10 às 11h iniciou no canal 28, TV Cidade e ficou por 2 anos. Levou o programa para o canal 12, Rede TV. “Faço rádio porque sou um apaixonado pela profissão. Descobri essa paixão desde o dia em que gravei meu primeiro áudio e após ouvir percebi que tinha talento.”
Velho Nunga